Não encontrou seu voo? Peça a ajuda para um consultor.

Entre em contato

Economia da Austrália


Economia da Austrália - cidade de Sydney
Sydney é uma das cidades que mais movimenta a economia da Austrália.

A economia da Austrália é uma das mais fortes e estáveis do mundo, sendo aberta e competitiva. O país vive durante os últimos 25 anos um crescimento econômico constante, alcançando em 2012 um PIB superior a 1,5 trilhões de dólares, com um PIB per capita de aproximadamente 67 mil dólares. Esse constante crescimento econômico é fruto de uma gestão efetiva de suas políticas públicas, acompanhadas por um índice de inflação baixo e estável, além de uma taxa baixa de juros.

A economia da Austrália é movida principalmente pelas atividades abaixo:

  • Mineração: sendo o maior exportador mundial de diamantes, alumínio e de carvão.
  • Indústria: é uma atividade diversificada entre os principais itens de produção estão alimentos, papel, máquinas e equipamentos tecnológicos.
  • Agricultura: sendo os produtos mais importados o açúcar, o trigo, o algodão, a cevada e a uva entre outras frutas.
  • Pequenas empresas: elas também são consideradas um setor vital dentro da economia australiana, sendo responsáveis por cerca de 30% da produção econômica e de empregar mais de 3,3 milhões de pessoas.
  • Turismo: é uma das atividades que mais gera emprego no país, empregando cerca de 500 mil pessoas. A Austrália recebe mais de 6 milhões de turistas ao ano, gerando uma receita de mais de 94 bilhões de dólares por ano e sendo considerado o principal serviço de exportação do país. O sucesso do país nesse setor se deve ao crescente número de estudantes que buscam o país para realizar seus programas de intercâmbio.

Mercado de trabalho na Austrália

Devido ao constante desenvolvimento da indústria e economia da Austrália, o país tem necessidade de incorporar imigrantes e estudantes internacionais ao seu mercado de trabalho.

Para isso, o governo do país oferece diversos tipos de permissões para trabalhar na Austrália. Os estudantes internacionais, que realizarem um curso com duração mínima de 14 semanas, podem trabalhar legalmente no país até 40 horas quinzenais durante o período do seu curso e período integral em suas férias.

Os estudantes que concluírem um curso de graduação ou pós-graduação com no mínimo 2 anos de duração poderão solicitar o visto de trabalho pós estudo. Esse visto permite que os recém-formados fiquem no país por mais 2 anos trabalhando em sua área de formação.

Para profissionais que já possuam formação acadêmica e experiência no mercado de trabalho, podem buscar oportunidades no país através dos programas de imigrações para profissionais qualificados. Esse programa favorece profissionais de áreas específicas que estão em demanda na Austrália, como Engenharia, Tecnologia da Informação, Contabilidade. Consulte nossa equipe para mais informações.

O governo australiano tem seu próprio portal de Recursos Humanos especializado na busca de emprego que promove o contato direto entre trabalhadores e empregadores, o Australian Job Search (www.jobsearch.gov.au). Nele são publicadas diariamente inúmeras ofertas de trabalho. O portal é oferece várias ferramentas e filtros para encontrar as ofertas de seu interesse, seja por zona geográfica, por área, indústria ou tipo de trabalho que se busca.

Se encontrar trabalho em qualquer parte do mundo costuma ser uma tarefa árdua, na Austrália, as ferramentas de busca pela internet e a economia favorável tornam essa tarefa mais simples.

Solicite um orçamento

Os atenciosos e qualificados consultores da AC irão te ajudar no que for preciso.