A pequena-grande Perth

Olá pessoas! =)

Bom, como prometido no último post, tenho novidades sobre trabalho.

Finalmente, eu e meu marido conseguimos um emprego, digamos, casual (trabalhamos de acordo com o volume de trabalho) comocleaners no Perth Arena (para quem não se lembra, falei sobre o lugar 2 posts atrás). Ainda não começamos, mas já recebemos um e-mail garantindo alguns jobs.

Daqui uma semana vamos para uma palestra para aprendermos o serviço E seremos pagos por isso!

Portanto, aqui vai mais uma promessa: no próximo post falarei um pouco mais sobre como é a busca por emprego aqui em Perth.

Agora vamos à parte realmente boa da coisa: falar sobre os festivais, eventos e outras coisas que a cidade oferece.

Como falei logo no primeiro texto, eu cheguei numa época muito boa. Em pleno verão, começo de ano e com várias opções de lazer.

Mas como a gente fica sabendo sobre tudo o que está acontecendo? Fácil: tem propaganda na tv, banners espalhados pela cidade e, claro, os consultores da Australian Centre sempre nos dão boas dicas. E você não precisa ir até a agência para se atualizar, já que todos têm facebook e postam as novidades por lá.

Tem um site muito interessante que fala desde as atrações na cidade (incluindo fotos do que rolou em anos anteriores) até dicas de bares e restaurantes: showmeperth.com.au . Definitivamente, vale a pena dar uma navegada por lá.

Já que eu comecei o post falando sobre o Perth Arena, meu mais novo local de trabalho (rs), vou começar por ele: o espaço é muito bacana. Por lá acontecem desde eventos esportivos até shows internacionais. Mas tudo tem um preço, claro.

Já teve show do Kiss, ainda esse mês vai ter do Black Sabbath e, no meio do ano, a cantora Pink vem para Perth. Nós não fomos a nenhum show, mas prestigiamos o time de basquete local que, aliás, está na final do campeonato!

Perth Arena.
Durante uma das partidas do Wildcats – casa lotada!
Um dos bares dentro do Perth Arena.

Tivemos a oportunidade também de conhecer um famoso evento local, o Perth Festival. Foi quase 1 mês de atrações, de fevereiro à março, e teve de um tudo. Todo o dia, cada vez em um ponto diferente de Perth, acontecia alguma coisa como shows, apresentações de dança, teatro e exposições. Demais, né?

Um sábado, sem querer, estávamos voltando de um restaurante que fica na beira do Swan River, quando vimos uma multidão no Langley Park. Lóóóógico que paramos para ver o que era.

Como tecnologia é tudo nessa vida, demos um “Google” no celular e descobrimos que era uma das atrações do Perth Festival e decidimos ficar para conferir. Foi a melhor coisa que fizemos: curtimos um show incrível do BPM (Bombs per Minute), que é algo parecido com o Stomp, e toda a apresentação aconteceu em sincronia com baterias de fogos de artifício. E todo mundo conseguiu assistir, porque havia telões espalhados por todo o parque. E o melhor: de graça! Sensacional…

Langley Park lotado de crianças, jovens, adultos, idosos e muitas famílias!
=)
Um dos telões mostrando o show do BPM.

Outro festival bem legal que fomos foi o Chilli Festivial, em Fremantle. Nesse foi tudo sobre comida e bebida. E a maioria, claro, apimentada! Experimentei cerveja com pimenta, meu marido tomou um vinho apimentado e me aventurei na paella. Delícia!

Chilli Festival.
Mandando ver uma bela paella – e bem apimentada! Yummy!

Mas esse não foi de graça: só para entrar no espaço onde havia as barracas foi AU$ 15,00 por pessoa. Mas valeu a pena.

Agora vamos voltar a falar do que é de graça, que é mais gostoso. E também porque vida de estudante não é fácil… rs

Há umas 2 semanas, descobri um espaço super interessante em um dos pontos mais famosos da cidade: é a North Bridge Piazza, que fica em North Bridge. O lugar foi feito para todo mundo aproveitar, sem medo de ser feliz! É uma praça de um tamanho razoável com um palco bem na frente. Ele está lá para quem quiser se aventurar e fazer o seu próprio show. Mas a grande atração é o telão de LED que funciona 24 horas. E passa de um tudo nele: filmes, shows, esportes, etc…

Dá pra ver que a praça é um sucesso, né?
E para quem quer curtir com mais conforto, puffs de todas as cores!

E falando no que é de graça, a cidade é rodeada por parques de todos os lados. Um mais lindo que o outro. E se você estiver a fim de se encontrar com os amigos ou de fazer um programa diferente com a família, é só ir até um deles, escolher uma churrasqueira e fazer um churrasco!

Apesar do BBQ daqui não chegar nem aos pés daqueles que estamos acostumados no Brasil, é um programa delicioso de se fazer. O ambiente é ótimo, a churrasqueira é de graça e com apenas AU$ 7,00 cada, você e seus amigos terão uma tarde e noite, se quiserem, inteirinha de diversão!

Bridge Piazza, que fica em North Bridge. O lugar foi feito para todo mundo aproveitar, sem medo de ser feliz! É uma praça de um tamanho razoável com um palco bem na frente. Ele está lá para quem quiser se aventurar e fazer o seu próprio show. Mas a grande atração é o telão de LED que funciona 24 horas. E passa de um tudo nele: filmes, shows, esportes, etc…

O lugar escolhido da vez foi o Victoria Gardens. Lindo!
Longe de ser o delicioso e farto BBQ brasileiro, mas está valendo!
Uma pequena parte da galera da Milner.
E como somos brasileiros e sabemos como nos divertir, levamos uma bola de vôlei…
… que serviu também para a hora do basquete…
… e para uma “pelada”, claro!
Para fechar o dia com chave de ouro, que tal ver TRÊS golfinhos no rio? =)

Eu e meu marido estamos aqui há quase 3 meses, mas ainda falta bastante coisa para ver. Por exemplo, nunca fomos até o Subiaco, um bairro bem famoso por aqui. Lá tem um street market, como eles chamam, que só abre de sexta a domingo. As pessoas vão até lá para comprar legumes e verduras mais em conta. Soube que tem também ótimos lugares para se comer. E é bem fácil chegar, é só pegar o trem e descer na estação Subiaco. Desse mês não passa, vou passar lá uma sexta ou um sábado qualquer.

E se você quer provar comidas dos quatro cantos do mundo, não precisa ir muito longe: no centro da cidade, toda sexta-feira, rola uma feira de comida. Tem barraca de com comida de vários países. Outra coisa que preciso fazer o quanto antes!

Há mais um grande evento que começa esse mês e está movimentando toda a cidade: o Cirque Du Soleil, com o espetáculo OVO. Conheço várias pessoas que vão ao show, inclusive meusflatmates que, aliás, estão empolgadíssimos! E não é para menos: o show é, no mínimo, imperdível. Maaaas, como eu e o marido ainda não começamos a ganhar em dólares australianos (e também porque já tivemos o prazer de ver o Cirque Du Soleil por 2 vezes no Brasil), vamos deixar passar dessa vez. Mas, cá entre nós, vale a investida com toda certeza!

Deu para perceber que Perth pode até ser uma cidade ‘pequena’, mas tem bastante coisa para se fazer, né?!

Bom, por enquanto é só, gente! Até o próximo post!

Cheers!

=)

Mail