Carta de Intenção Intercâmbio Austrália

A Austrália é uma das opções mais buscadas por quem deseja estudar fora do Brasil, unindo a capacidade de aprender e se divertir em um país seguro e cheio de atrativos. Para que você tenha a melhor experiência em seu intercâmbio, é necessário contar com uma agência preparada, uma escola reconhecida e todas as documentações exigidas.

Para fazer a sua viagem de estudos, atualmente é necessário apresentar uma carta de intenção de intercâmbio na Austrália. Isto é, com as mudanças de 2016 nas leis que permitem a entrada de estudantes, é necessário que você apresente essa carta no momento de solicitar o seu visto.

Visto Australiano Para Brasileiros: o que mudou no processo em 2016

Os estudantes interessados em realizarem o sonho do intercâmbio para a Austrália não precisam se apresentar na Embaixada. Portanto, a carta de intenção para intercâmbio na Austrália é o contato mais pessoal que você terá para apresentar as suas ideais e o seu desejo de estudar no país.

Esta carta é um dos passos mais importantes para garantir a sua entrada no país, assim como a comprovação financeira de que tem condições para bancar a sua viagem e o questionário com as suas informações pessoais atualizadas.

Carta de Intenção Visto Australiano: quando é necessária e para quem deve ser entregue

A Austrália precisa de visto para permitir a entrada de turistas e estudantes, e a carta de intenção é essencial para obter o seu visto australiano. Ela será a sua apresentação pessoal, entregue no momento de fazer a sua solicitação online, e passará por uma avaliação, por isso é muito importante que todas as informações estejam corretas.

Carta de Intenção para Visto Australiano: dicas de como fazer a sua.

A sua carta de apresentação é extremamente pessoal, por isso deve ser única e sem imitar qualquer modelo. Entretanto, não se pode esquecer que é uma comunicação oficial, devendo prezar por um grau de formalidade maior.

Nela coloque informações como seu nome completo, estado civil, endereço de residência, número de passaporte e informações sobre a sua família – inclusive sobre suas atividades. Aproveite também para apresentar sua carreira profissional e acadêmica, sendo nesse ponto em que deverá citar o desejo de estudar na Austrália.

Explique também sobre os seus motivos para escolher a Austrália e quando planeja retornar ao Brasil, dando a certeza de que não pretende fixar moradia permanente no país.

Mail