Como conseguir construir uma carreira internacional?

Viajar e conhecer o mundo é a certeza de ampliar horizontes e, ao mesmo tempo, de explorar e vivenciar experiências únicas. Para quem quer morar em outro país, por exemplo, vale a pena pensar em construir uma carreira internacional. Muito mais do que isso, até mesmo ao voltar para o Brasil será possível se destacar com a bagagem cultural e profissional adquirida lá fora.

Se ganhar asas mundo afora for um dos seus maiores desejos, que tal se programar a fundo e organizar os passos mais importantes para alcançar esse objetivo? Você verá que crescer profissionalmente será imensamente gratificante, e ainda criará oportunidades que antes nem eram imaginadas. Não se esqueça de que com o planejamento certo tudo é possível!

Quer ajuda nessa empreitada? Então, continue a leitura e veja algumas dicas essenciais para ter uma carreira internacional de sucesso!

Domine outro idioma

Essa é a primeira regra para quem quer crescer profissionalmente, seja no Brasil ou no exterior. O idioma que ainda domina a maioria das empresas em qualquer lugar é o inglês, que pode ser falado nos mais diferentes países. Mas no caso de uma carreira internacional, o idioma abre muitas portas para que você faça contatos importantes.

Porém, se você optar, por exemplo, por um país que fale espanhol ou francês, é extremamente necessário dominar esse idioma. Caso o seu nível ainda não esteja avançado, invista em aulas intensivas antes mesmo de começar a trabalhar, combinado?

Faça um intercâmbio para estudar ou trabalhar

Ou quem sabe até fazer os dois. Sim! Muitos países são abertos para essa possibilidade, como é o caso da Austrália e da Nova Zelândia, que oferecem aos estrangeiros a oportunidade de ficar no território de uma forma ainda mais atrativa e proveitosa: estudando e trabalhando ao mesmo tempo.

E sabe o que é melhor? A sua experiência profissional vai ser ainda mais potencializada se você optar por realizar um curso de graduação ou especialização no exterior. Muitas universidades na Austrália e Nova Zelândia oferecem a seus estudantes internacionais, a possibilidade de estagiar ou trabalhar em uma empresa “gringa”. Vale reforçar que esses são ótimos caminhos para que você consiga progredir na sua carreira, sabia?

Busque emprego no exterior

E que tal ir além e buscar uma oportunidade no exterior assim que chegar lá? Se a tarefa parece um pouco difícil, esqueça! Você pode conseguir um ótimo suporte com a ajuda de uma agência de intercâmbio séria e que seja especialista no país escolhido. Os profissionais que auxiliam os estudantes nesse momento são verdadeiros conhecedores do que é necessário.

Para você ter uma ideia, algumas agências de intercâmbio têm parcerias com universidades e empresas estrangeiras, que constantemente realizam palestras e workshops para guiar os futuros intercambistas que estão em busca de uma luz quanto aos empregos disponíveis no país de destino. Vale a pena participar e ficar bem atento a todas as dicas!

Entenda mais sobre a cultura do país

Muitas pessoas dão essa dica para quem vai fazer intercâmbio, não é mesmo? Mas alguns estudantes se esquecem disso e acabam cometendo deslizes durante a experiência no exterior, justamente por não se esforçarem ao máximo para conhecer e entender a cultura do país em que estão.

Por isso, para que você tenha uma carreira internacional sólida e bem construída, é preciso pesquisar bastante sobre aquele local, saber quais são seus costumes, suas regras e leis, e até mesmo se preparar, ainda que um pouco, para se adaptar quanto a alimentação. Você verá que isso vai ajudar bastante no dia a dia da sua nova vida.

Veja se a sua profissão tem demanda como carreira internacional

Muitas vezes é comum achar que a sua profissão é requisitada em qualquer lugar do mundo. Mas será que isso é, de fato, verdade? Lembre-se de que cada realidade é única, e alguns países precisam de determinados profissionais, que em outros locais já não têm tanta demanda.

Então, é importante que você pesquise se há oportunidade no mercado de trabalho para a sua área de atuação. E outra dica que fará toda a diferença é que, assim que chegar lá, invista em um curso de especialização ou pós-graduação, por exemplo. Dessa forma, você aumentará o seu domínio sobre as necessidades do país quanto a sua profissão.

Se desafie

Ir para um país totalmente diferente do seu com o intuito de criar uma carreira internacional é uma ideia incrível. Mas já parou para refletir que um dos grandes segredos para que isso dê certo é saber se desafiar ou enfrentar com ótimo jogo de cintura uma situação como essa? Pois é, portanto, grave na memória: procure sempre novos desafios!

Vale dizer ainda que uma empresa a nível internacional sempre está em busca de profissionais que tenham um perfil mais inovador, desafiador e que caminhem constantemente para encontrar as melhores soluções para a companhia. E você como estrangeiro tem um dever ainda maior: mostrar que é tão bom quanto alguém que seja graduado localmente.

Exercite a sua comunicação

Nada de timidez ao viajar, hein! Esteja aberto às novas experiências e, principalmente, faça amizades e exercite a sua comunicação como nunca. Isso quer dizer que você deve, inclusive, expandir o seu círculo de interesses com pessoas da sua área de atuação. Imagine ter uma ampla rede de networking internacional? Com certeza, será muito bom para a sua carreira!

Ser comunicativo também envolve a curiosidade. Por exemplo: você está em uma roda de conversa e não entende muito bem do que todos estão falando. Sem problemas, pergunte, tire suas dúvidas, mostre a sua curiosidade. Pessoas com esse perfil tendem a ter uma carreira internacional de sucesso e mais: são bem-vistas perante empresas e outros profissionais.

Ao considerar todas essas dicas que foram listadas aqui, você estará mais preparado para crescer a nível mundial e acumular experiências significativas para a sua carreira internacional. Nunca se esqueça de que um bom profissional é aquele que consegue desempenhar seu papel em qualquer situação e, a partir de agora, em qualquer lugar do mundo. Aposte em você!

E aí, gostou das dicas? Tem outras sugestões? Conte para a gente nos comentários!

Mail