Como conseguir um emprego na Nova Zelândia?

Quer aprender inglês, conhecer novas pessoas, mergulhar em uma cultura incrível e ainda ganhar um extra com uma experiência internacional? A fim de conseguir tudo isso, a resposta é só uma: viaje para a Nova Zelândia!

Nos últimos anos, o país despontou entre as nações mais procuradas pelos jovens que querem fazer intercâmbio, por conta das opções de estudo de alta qualidade e, principalmente, pelas oportunidades de trabalho para estudantes internacionais. Neste texto, vamos dar dicas para conseguir um emprego na Nova Zelândia, desde tipo de visto para trabalhar, até sites incríveis que vão aproximar você do seu sonho. Acompanhe!

Qual visto preciso para trabalhar na Nova Zelândia?

Você está decidido a viver uma experiência incrível na Nova Zelândia e quer aproveitar para trabalhar e juntar uma grana enquanto estiver por lá, certo? Então, antes mesmo de saber mais detalhes sobre como arrumar um emprego fantástico, é importante se planejar com o seu visto para não se enrolar no processo de aplicação!

Os vistos de estudante (Student Visa) e de trabalho e férias (Working Holiday Visa) são as duas opções mais viáveis para quem deseja ganhar dinheiro no país.

Para conseguir o visto de estudante com permissão de trabalho, você deve se matricular em um curso com pelo menos 14 semanas de duração em uma escola de categoria 1 na classificação do NZQA. Se você for estudar em uma instituição de categoria 2, será necessário realizar um curso com no mínimo 24 semanas e apresentar um IELTS com nota mínima de 5.0.Em ambos os casos, você terá permissão de trabalhar legalmente até 20 por semana.

Já o visto neozelandês de trabalho e férias permite que o viajante trabalhe legalmente no país por até 1 ano sem limitação de horas. Entretanto, você não poderá trabalhar mais do que 3 meses com cada empregador. Além disso, esse visto permite que você estude por até 6 meses.

É necessário ter de 18 a 30 para solicitar uma das 300 vagas de Working Holiday Visa,  que o Departamento de Imigração da Nova Zelândia disponibiliza para viajantes brasileiros todos os anos.

Quer saber mais sobre esses vistos? Neste artigo você encontra mais detalhes e os prós e os contras de cada tipo de visto! Agora, vá ao próximo ponto e compreenda os macetes para encontrar o emprego dos sonhos na terra dos Kiwis!

Depois do visto, o que fazer antes de procurar emprego?

Agora que você já está com o visto e permissão de trabalho em mãos, o que mais é necessário fazer para trabalhar na Nova Zelândia?

Os empregadores neozelandeses pedirão o seu número IRD (Inland Revenue Department) para oficializar a sua contratação. Esse documento permite que a empresa realize o recolhimento dos impostos sobre o seu salário. No site oficial, é possível aprender tudo o que é preciso saber sobre essa documentação.

Fora isso, é sempre bom abrir uma conta em um banco local para receber o seu pagamento! Instituições como Kiwibank, ANZ e ASB são excelentes opções para intercambistas que almejam ter menos burocracia e mais agilidade na hora de ter uma poupança ou uma conta-corrente na Nova Zelândia. Esses bancos oferecem opções de contas básicas sem tarifas ou com taxas reduzidas para estudantes. Agora, aprenda detalhes sobre onde buscar emprego no exterior.

Quais são os melhores sites de emprego na Nova Zelândia?

Ter uma experiência profissional fora é mesmo um sonho de muitos jovens brasileiros! Mas o que você não sabe é que isso é muito fácil, pois há várias opções de trabalho temporário na Nova Zelândia — inclusive, alguns para os quais não é necessário falar inglês fluentemente.

A primeira coisa a se fazer ao procurar emprego na Nova Zelândia é recorrer à tecnologia, pois há sites específicos nos quais você acompanha em tempo real as principais vagas em aberto.

Existem diversos sites especializados em divulgação de vagas temporárias e funções que se encaixam perfeitamente as possibilidades de trabalhado dos estudantes internacionais. Fique atento a sites como o Seasonal Work e o Seasonal Jobs, que são focados em pessoas que estão em busca de oportunidades de ganhar um dinheirinho extra no país.

As áreas que precisam de profissionais temporários são muitas e vão desde o turismo até a agricultura. Além disso, uma dica para você conhecer melhor a demanda profissional de cada região da Nova Zelândia é consultar o site Pick NZ, que dá dicas sobre o mercado de trabalho em diferentes cidades neozelandesas.

Em abril de 2017, foi determinado um novo valor para o salário mínimo na Nova Zelândia de NZ$ 15,75 por hora. As vagas de trabalhos informais e na área de serviços, muito buscadas por estudantes internacionais, costumam pagar entre NZ$ 15,75 e NZ$ 20,00 por hora, permitindo que o estudante consiga cobrir os seus principais gastos de permanência no país com o valor ganho nas 20 horas de trabalho semanais.

Onde procurar vagas no setor de serviços?

Você se interessa pelo setor de serviços? Há sites para quem quer trabalhar em bares, restaurantes, hotéis, supermercados e lojas diversas. Fique de olho no Trade Me, que é muito comum entre os Kiwis e permite que o candidato filtre a função a partir de categorias, como o valor do salário.

E não para por aí: você também pode entrar em grupos no Facebook. Na rede social, existem desde comunidades de brasileiros em busca de ofício na Nova Zelândia até páginas (como a Auckland Jobs), para quem deseja ser contratado rapidamente.

Opções de vagas de empregos especializados.

Se você já é fluente no idioma, possui uma qualificação e está em busca de oportunidades de trabalho na sua área, você pode conferir neste site oficial do governo se a profissição está em alta no país! Então, sendo esse o seu caso, siga conferindo plataformas de recrutamento como o New Kiwis, o Working in New Zealand e o Work Here, que são focadas em estrangeiros e oferecem as profissões com maior demanda.

Outra opção para quem deseja conseguir um emprego na sua área de formação é recorrer ao site Careers NZ, que dispõe de uma lista atualizada com as organizações que estão buscando profissionais de diferentes áreas do mercado (como recursos humanos, marketing, engenharia e TI) para desenvolver o setor de economia.

Outras formas de achar seu emprego na nova Zelândia.

Mas não pense que a internet é a única possibilidade para encontrar seu emprego na Nova Zelândia. O mais tradicional método de busca de emprego não deve ser negligenciado no país: entregue o seu currículo impresso nos estabelecimentos! Na Nova Zelândia, muitas empresas colocam cartazes nas ruas à procura de novos funcionários e você verá que muitos amigos em seu intercâmbio conseguem emprego indo de porta em porta. Você também pode contatar as empresas por e-mail ou SMS.

Além disso, as escolas costumam ajudar os estudantes para encontrar um trabalho no país, divulgando vagas de trabalho em seus murais e redes sociais. Algumas oferecem ainda suporte na elaboração do seu currículo e também preparação para entrevistas e pequenos treinamentos práticos em algumas funções mais comuns entre estudantes.

você aprendeu sobre os vistos com permissão de trabalho e sites para quem quer trabalhar no setor de serviços. Além disso, ficou por dentro de dicas indispensáveis a fim d profissional na terra dos Kiwis, como a abertura de conta em banco local.

Pronto, agora você já sabe todas as dicas para conseguir seu emprego e ter experiência incrível na Nova Zelândia! Então, o que você está esperando para fazer as malas e tornar o seu sonho realidade, intercambista?

Aproveite para deixar o seu comentário no post e compartilhar as suas expectativas sobre o intercâmbio!

Mail