Como fazer um intercâmbio para Melbourne?

como fazer um intercâmbio para Melbourne

Fazer um intercâmbio na Austrália é o desejo de muitos estudantes. Em meio a tantas cidades com excelentes índices de qualidade de vida (que, inclusive, aparecem em rankings de melhores cidades do mundo para se viver), escolher o destino certo pode ser uma decisão difícil. E para determinar qual local mais se encaixa ao seu perfil, o ideal é se informar sobre as melhores opções do país escolhido, não é?

Neste post, falaremos sobre um destino que foi eleito sete vezes seguidos pela revista “The Economist” como a melhor cidade do mundo para morar: Melbourne! Quer descobrir quais são as vantagens do intercâmbio para Melbourne e alguns aspectos da capital das artes e da cultura na Austrália? Vem com a gente!

Um pouco sobre a cidade

Melbourne é a segunda maior metrópole da Austrália e capital do estado de Victoria. A cidade transborda jovialidade e leveza, com uma arquitetura moderna e vida agitada — tudo isso ao lado de regiões antigas e pitorescas, com uma mistura perfeita do velho e do novo. Além disso, como falamos, já foi escolhida (várias vezes) como a melhor cidade do mundo para se viver. Veja mais algumas informações sobre esse destino:

Clima

O clima da Austrália, como um todo, é bastante diversificado: alterna entre ondas de calor intenso e baixíssimas temperaturas no meio da noite! Melbourne é considerada a mais “britânica” das cidades australianas, pois há bastante dias nublados e chuvosos.

Mesmo assim, não dispense o protetor solar, pois a incidência de raios UV costuma ser elevada devido à localização geográfica da cidade.

População

Por ter um custo de vida menor que o da maior metrópole (Sydney), mas, ainda assim, oferecer a mesma infraestrutura, Melbourne é uma das cidades mais populosas do país, com cerca de 4 milhões de habitantes — praticamente a população da Nova Zelândia inteira.

Em Melbourne, tem pessoas de todos os lugares do mundo: pelo menos metade dos moradores são estrangeiros. Por isso, é possível encontrar mais de 200 dialetos e idiomas sendo falados por lá, o que é extremamente interessante para um intercambista quando pensamos nos estudos e na imersão cultural.

Economia

Melbourne é considerada um grande centro financeiro, abrigando diversas multinacionais e empresas de grande porte. É o segundo maior centro industrial e tem o maior porto do país. Como ocorre, em geral, em toda a Austrália, os níveis de desemprego são baixos e o turismo é um forte setor econômico.

Como o país permite que estudantes trabalhem, você pode procurar alguma atividade para complementar a sua renda. Verifique as possibilidades com a sua agência de intercâmbio e aproveite as oportunidades!

Motivos para escolher Melbourne

Melbourne tem muitos atrativos para estudantes, inclusive, várias coisas são feitas pensando em facilitar a vida de quem passa uma temporada estudando por lá. Veja alguns motivos para abraçar a cidade como seu novo lar:

Cultura

Considerada a capital cultural da Austrália, a cidade é bastante cosmopolita e tem uma vida noturna agitada: bares, pubs e praças que servem de ponto de encontro para estudantes e jovens. Mesmo que muitos lugares fechem relativamente cedo para nós brasileiros, não faltam opções para se divertir!

Os eventos culturais atendem a todos os gostos: museus, exposições, festivais, shows, teatros, cinemas, arte de rua. Grandes eventos relacionados às artes também são frequentes em Melbourne. É comum andar pelas ruas e ver grafites nos muros, além de músicos e artistas realizando performances. Viver a diversidade, que é constantemente celebrada, será uma das experiências mais ricas que você poderá trazer de sua estadia por lá.

A paixão dos nativos pelos esportes é evidente, e a cidade é sede de inúmeros eventos famosos, como de Fórmula 1, tênis e futebol. Os amantes das aventuras radicais podem se deliciar com as regiões montanhosas, que têm práticas de snowboarding, rafting etc.

Educação

Melbourne também é uma referência quando se fala em estudos. Além das escolas que ofertam os cursos de inglês, como Greenwich English College e Impact English College, a cidade oferece excelentes opções para quem busca um curso técnico, como o Holmesglen Institute, Kent Institute Australia e a Academy of Information Technology, assim como universidades com cursos de graduação e pós-graduação de reconhecimento internacional, como a Monash University e a RMIT University que tem foco na tecnologia e no design.

Infraestrutura

Com perfil voltado para a sustentabilidade, lá encontra-se um gigantesco sistema de transporte elétrico, que atende toda a região e é bastante simples. Isso é um diferencial quando se trata de uma metrópole, pois nem sempre o intercambista conseguirá morar próximo da sua escola.

Também há preservação de áreas verdes e ações voltadas para o cuidado do meio ambiente, como reúso de água, construções de cisternas e uso de energia solar.

Gastronomia

Um lugar que recebe tantos estrangeiros só poderia ter uma gastronomia vasta. Os restaurantes locais servem pratos de mais de 70 culinárias ao redor do mundo, ou seja, dá para conhecer muita comida antes de enjoar! Lugares como o Queen Victoria Market são verdadeiros paraísos que reúnem os mais diversos sabores e culinárias.

Natureza

As belezas naturais da Austrália são conhecidas no mundo todo, e em Melbourne não é diferente. Belas praias para a prática de surfe e lugares com extensas áreas verdes, como a Cordilheira Dandenong deixam os estudantes e turistas maravilhados.

Também é possível aproveitar os passeios que proporcionam contato com a fauna, como pelo Santuário Healesville (para conhecer os famosos coalas) e pelas ilhas em que vivem pinguins.

Planejando o intercâmbio

Como para qualquer destino na Austrália, para dar início ao seu projeto de intercâmbio, é preciso verificar qual o visto mais indicado para o seu projeto. Se você pretende realizar um curso com duração de até 12 semanas, deverá solicitar o visto de turista. Caso seu curso tenha a partir de 14 semanas, você precisará de um visto de estudante — que ainda permite que você trabalhe legalmente no país, desde que cumpra o limite de 40 horas quinzenais.

Comparada a outras metrópoles, como Sydney, o custo do intercâmbio para Melbourne acaba sendo menor, bem como os custos para viver na cidade, o que pode ser um diferencial na hora de decidir o seu destino.

Planejar um intercâmbio pode parecer complicado, mas para tirar todas as dúvidas e não correr riscos, o ideal é procurar uma agência especializada em intercâmbios para a Austrália. Assim, além de ter ajuda na escolha do curso, da escola, da moradia, entre outras decisões, você ainda terá auxílio com a parte mais burocrática, como a aplicação para o visto correto, preparo da documentação etc.

Portanto, não tenha vergonha de pedir ajuda, afinal, os profissionais da agência são especialistas no que fazem, e não medirão esforços para tornar o seu intercâmbio para Melbourne uma experiência incrível e descomplicada!

E aí, gostou de conhecer Melbourne? Ela já estava nos seus possíveis destinos? Então, acesse o nosso site para saber ainda mais sobre essa maravilhosa cidade australiana!

Mail