Descobrindo a Austrália e a Ásia!

Um dos motivos de termos escolhido (eu e o maridão) fazer um intercâmbio na Austrália foi a possibilidade de realizar uma viagem incrível depois do curso. E eu acho que isso tem que ser levado MUITO em consideração.

Em qual lugar do mundo você fica tão perto de países como Japão, Vietnã e Tailândia? E o melhor: com um preço de passagem super acessível? Viva a Austrália!

E assim foi. Depois da graduação no curso de General English pela Milner, no final de junho, não esperamos nem 24 horas para colocarmos o pé na estrada. Não vou dizer que foi fácil dizer good bye para tantos amigos que fizemos nos quase 6 meses que ficamos lá, mas estávamos muito empolgados com a nossa viagem de 3 meses!

Já no dia seguinte da graduação, alugamos um carro e fomos para o norte de Perth, conhecer as paisagens incríveis de Pinnacles e Kalbarri. Ficamos hospedados em uma pousada ótima em Geraldton e, 3 dias depois, descemos para Perth de novo.

Os famosos Pinnacles.
Kalbarri surpreendeu por baixo…
… E por cima!

Meu marido é mestre em programar viagens, então 98% do roteiro foi por conta dele – os outros 2% foram palpites meus, sempre muito construtivos! rs

Como teríamos que voltar para Perth para pegarmos o voo de volta para o Brasil, optamos por viajar primeiro pela costa leste da Austrália e, de lá, partir para Ásia. Tudo porque queríamos terminar os nossos 3 meses de viagem em um resort na praia, para conseguirmos descansar. E o roteiro ficou sensacional!

No mesmo dia em que chegamos de Kalbarri, pegamos um voo para Melbourne. Claro que usamos e abusamos das passagens low cost, que são aquelas mais baratinhas. Mas é preciso ficar atendo porque o limite de bagagem é super baixo e, dentro do avião, você tem que pagar até pela água. Mas valeu a pena.

Nosso itinerário pela downunder foi: Melbourne – Sydney – Brisbane – Airlie Beach – Cairns.

Como fomos bem no meio do ano, pegamos bastante frio em alguns lugares da Austrália. Mas o inverno só fez com que ficássemos ainda mais apaixonados por Melbourne. Vai ser linda assim lá do outro lado do mundo!!!

O rio que corta a cidade reforça o ar europeu em Melbourne.
E tava friiiiio!
Esse é um beco super famoso pela arte feita nas paredes.
Um parque qualquer…

Não precisa nem falar muito sobre Melbourne. As fotos dizem por si só.

Ainda no estado de Victoria, alugamos um carro e fomos conhecer a tão famosa “The Great Ocean Road” e os Doze Apóstolos. E é de cair o queixo… Vimos até colas no meio da estrada!!!

O visual é incrível de ponta a ponta…
Olha que lindo!!!!
Vale dirigir para fotografar os 12 Apóstolos durante o pôr-do-sol!
🙂

Depois partimos para Sydney. A cidade é imensa, lembra bastante São Paulo. Mas os dois harbours da cidade dão um charme todo especial ao lugar…

Opera House.
A vista do barco é ainda mais especial.
Darling Harbour at night.

As praias, como Bondie Beach, é um must to do. Super charmosa! E já que estávamos lá, pegamos uma excursão, essas de um dia só, para Blue Mountains. O visual é demais!

Three sisters – Blue Mountain.
Bondi Beach.
A famosa piscina de Bondi.

Na sequência, Brisbane. Sinceramente, não nos atraiu muito. Tem uma parte bem bonita da cidade chamada South Bank, mas só. Também alugamos um carro e fomos para a Gold Coast, mas, na boa? A praia não tem nada de especial.

Dizem que o lugar é legal por causa do agito, baladas, etc… o que já não é muito nossa praia…  ouvimos dizer que a Sunshine Coast é mais bonita – também é mais longe – mas não tivemos tempo de ir até lá.

Brisbane.
Em South Bank tem praia no meio da cidade!
Gold Coast.
Surfers Paradise´s Beach.

De lá subimos para Airlie Beach. Lá o tempo já estava bem melhor, mas não deu para tirarmos a cor de escritório, não… rs

Mas fizemos um passeio super bacana para as famosas ilhas de Whitsundays.

Em Airlie Beach tem piscina no meio da cidade!
Whitsundays Island.
Almoçamos nessa ilha lotaaaada de gente, só que não.

Nossa última parada pela East Coast da Austrália foi Cairns, famosa pela Grande Barreira de Corais. O passeio que leva até a Great Barrier Reef não é fácil. O mar é muito agitado, a maioria das pessoas passou mal no percurso… mas, quando chegamos ao destino, percebemos que valeu a pena.

Uma das diversas praias de Cairns.
A Grande Barreira de Corais vista por cima.
Vale o investimento! 🙂
Depois teve snorkeling na Grande Barreira
Olha o peixão!!!!

Vou ser bem honesta: não me arrependi de ter ficado em Perth. Como vocês viram, eu passei por algumas das principais praias da East Coast e nenhuma chegou aos pés das praias de Perth! (vocês podem ver as fotos nos meus posts anteriores e comprovar que eu não estou mentindo!!!). Fora que o charme de Western Australia não tem comparação. Só não viajamos mais por lá por falta de dinheiro mesmo.

Depois da Austrália, nosso itinerário na Ásia foi: Japão – China – Vietnã – Laos – Camboja – Tailândia – Malásia – Indonésia.

Pois é, o roteiro foi enorme e, por isso, seria bem sucinta.

De Cairns partimos para o continente que, desde pequena, eu tinha o sonho de conhecer: ÁSIA! E o primeiro país foi um lugar muito especial: Japão! Posso dizer que Tóquio é uma bagunça (extremamente) organizada. E muito limpa! Depois fomos para Kioto, que é igualmente linda. A beleza dos templos, a educação das pessoas, a organização das cidades… tudo encanta!

Olha a bagunça organizada aí!
Por toda a cidade você encontra adolescentes e mulheres com as vestimentas típicas.
Demos uma passadinha na Disney Sea de Tokyo.
Kioto.
Muita beleza!
🙂
Templo feito de ouro!
Templo feito de ouro!

Do Japão, fomos para a China. O país não estava, inicialmente, nos nossos planos, mas uma amiga minha está morando em Xangai, então a ideia de encontrá-la me empolgou. E ainda bem que fomos!

Ainda não caiu a ficha que conhecemos a Grande Muralha… Meu Deus, que coisa mais linda!!! Foi o lugar mais incrível que já conheci. E duvido que eu conheça algo dessa magnitude.

Depois de uns 40 minutos subindo degraus: A Grande Muralha!
Breathtaking!
A parte não-turística estava tão tranquila que deu até para fazer um ensaio fotográfico com o tripé, rs.
Shanghai at the top!
Shanghai at the top!

Na sequência, conhecemos o trio da Indochina: Vietnã, Laos e Camboja.

Confesso que estávamos um pouco preocupados em ir para esses lugares, não sabíamos muito o que esperar. A verdade? AMAMOS! Assim mesmo, com todas as letras maiúsculas!

Cada um tem a sua característica, comida, religião, jeito de lidar com o turista. E valeu cada minuto que passamos nesses países.

VIETNÃ

Pelos túneis de Cu Chi.
Bagunça já não tão organizada… rs
Passeio por Halong Bay.

LAOS

Pelos templos de Luang Prabang.
Os monges também sentem calor.
O melhor ‘night market’ que eu já vi!

CAMBOJA

Pelos templos do Camboja.
Killing Fields: se você for para Phnom Penh, tem que fazer esse passeio!
O maior monumento religioso do mundo.
Os templos no Camboja são ruínas de cair o queixo! :O
Onde foi filmado o filme “Tomb Raider”, com Angelina Jolie.

Na sequência, chegou a vez da Tailândia. Um sonho de consumo desde que eu me entendo por gente. E, com certeza, atendeu a todas as minhas expectativas.

Floating market, próximo a Bangkok.
Na ilha de Nangyuan.
Na ilha de Tao.
No Anghthon Marine Park.
Pukhet me recebeu assim!

O passeio para Maya Bay (onde foi filmado o filme “A Praia”, com Leonardo Dicaprio) e para Phi Phi Island foi especial demais. Além de ser um lugar mágico, caiu bem no dia do meu aniversário!

Ilha de Phi Phi.
Maya Bay.

Depois demos uma passada rápida pela Malásia, onde conhecemos um lugar bem diferente…

Conhecemos o “World Largest Free-Flight Walk-In Aviary”.
Uma experiência única!
Lindo, né?
As famosas Torres Gêmeas da Malásia.

E com quase 3 meses de faz-desfaz mala, aeroportos e imigração, chegou a vez da Indonésia, nossa última parada! E aí nós tiramos a barriga da miséria. A última semana foi praticamente sem fazer nada, somente muita praia e hotel.

Conhecemos a “Monkey Florest”, Ubud.
E um templo super diferente que fica na costa.
Uma das praias da ilha de Bali, chamada Padang-Padang.
Deu até para aprender a surfar! rs

Só abrimos exceção para conhecermos a ilha de Gili Trawangan. Parece mentira de tão linda que é…

Senhoras e senhores: Gili Trawangan Island.
Dona de uma beleza sem fim!

Não dá para escolher qual experiência foi melhor: se a de morar e estudar na Austrália ou os 3 meses de férias ininterruptas. Mas a verdade é que uma completa a outra. E, no final, vivi o ano mais incrível da minha vida.

Mail