Descobrindo o mais famoso segredo da Austrália: a Grande Barreira de Corais!

É isso mesmo, toda espera tem sua recompensa!

Depois de muita pesquisa, dicas e sugestões, nós tivemos o prazer de ir até Cairns para desfrutar da mais famosa barreira de corais do mundo!

Chegando a Cairns, um pedaço do Paraíso na Terra...

Nem preciso dizer que foi algo mágico! Mas essa não foi a única linda experiência que pudemos viver durante esta viagem.

A cidade de Cairns fica no estado de Queensland, localizada no nordeste da Austrália, tem mais de 140.000 habitantes. É um lugar que nos lembra muito o Brasil, afinal você encontra palmeiras, coqueiros, montanhas e beleza exuberante por todo lado.

Cairns e sua beleza indescritível...

O clima nem preciso dizer, muito quente e super úmido, enfim o lugar ideal para matar as saudades de casa.

A cidade oferece diversas opções de entretenimento, mas eu diria que dentre elas a mais exótica são os crocodilos, que você deve ficar atento para não encontrar por acaso, já que durante o verão esse bichinhos gostam de nadar no mar. Outra opção é visitar fazendas que criam os crocodilos, é impressionante vê-los de tão perto, alguns deles são enormes.

Passeio nas fazendas dos crocodilos.

Para quem não sabe Cairns possui o Lagoon, um conjunto de piscinas que a prefeitura mantém para que as pessoas se banhem, já que no mar podemos encontrar crocodilos e algumas águas vivas durante o verão. Nas praias o governo construiu uma área cercada para o que banhistas possam aproveitar o mar durante esta época do ano.

Para aproveitar o dia, um bom mergulho nas piscinas...
Tranquilidade é a cara de Cairns...

Outra atração que é muito famosa é o passeio de trem em Kuranda, uma vista lindíssima da floresta tropical de lá, com lindas quedas d’água. Normalmente este passeio é combinado, a ida é feita de teleférico e a volta de trem, enfim algo inexplicável!

O Night Market é outra atração e fica bem no centrinho de Cairns, é bem parecido com as ferinhas que encontramos nas praias do litoral de São Paulo, você encontra de tudo e baratinho.

Night Market.

Além disso, você irá encontrar ótimos restaurantes, bares, baladas e o cassino.

Mas a dica “Top One” eu diria que é a Barreira de Corais, este lugar é algo que só quem esteve lá pode descrever.

Para conhecer essa maravilha você precisa ser mergulhador ou aproveitar a viagem e fazer o curso de mergulho e essa foi outra parte da nossa diversão.

Meu marido e eu fizemos o curso de mergulho durante 2 dias inteiros, mas mergulhar não é para mim, tive que me contentar com o snorkelling, que pra mim já foi algo indescritível!

Maridão na aula de mergulho, pena que para mim não deu...

Ficamos a bordo de um barco na Barreira de Corais durante 3 dias para que meu marido e os outros estudantes pudessem praticar os mergulhos e pegarem sua certificação, eu aproveitava as aulas para aprender, fazer amigos, curtir a paisagem e, quando eles iam mergulhar, eu fazia snorkelling e desbravava cada detalhe daquele lugar mágico!

Início de mais uma aventura.

No barco conhecemos pessoas do mundo todo, espanhóis, suíços, alemães, australianos, ingleses e coreanos.

Pude ver diversos tipos de peixe, tartarugas, corais, águas vivas e alguns tubarões. Para quem está curioso: Sim, nós vimos o famoso Nemo!!!

A Barreira é gigantesca e só conhecemos 3 pequenos pedaços dela, mas foi o suficiente para gerar emoções tremendas! Até mergulhar com tubarões a noite meu marido teve o prazer.

Outra atração foi a culinária local, já que pudemos experimentar carne de crocodilo, canguru e muitos frutos do mar.

Difícil colocar em palavras o que vivemos durante esses 10 dias em Cairns, acredito que as fotos poderão transmitir de forma mais clara isso para vocês!

Cairns, uma visão que apaixoma...

A cada dia que passa, descubro algo novo no mundo em que vivo e isso tem me feito descobrir coisas novas em mim. Se dê oportunidades diferentes, tente algo novo, se não for para você, como o mergulho não foi para mim, não desista, pois sempre há algo de novo para ser desvendado!

Eu e meu marido em Cairns.

Espero que vocês possam conhecer Cairns um dia e sentir a energia que a natureza deste lugar transmite.

Simplesmente lindo.

Fica a dica, a melhor época do ano para visitar Cairns é no inverno (junho a setembro), já que lá é calor o ano todo e não chove durante esses meses.

Até a próxima queridos 😉

Até breve Cairns!!
Mail