Como tornar seu intercâmbio mais barato?

Muitos sonham com a possibilidade de estudar no exterior. Sem dúvida, ter uma oportunidade assim é algo muito enriquecedor para o currículo e contará muitos pontos em uma futura entrevista de trabalho. Porém, bancar algo do tipo né fácil e, às vezes, mesmo com a ajuda dos familiares pode ser difícil. Se você está entre as pessoas que vivem essa situação, então saiba que é muito possível fazer um intercâmbio barato.

Se você tem muita vontade de estudar, trabalhar ou fazer os dois no exterior, não pode desistir do seu sonho pela preocupação com os gastos que terá. Apenas será preciso pesquisar boas opções de intercâmbio e planejar tudo direitinho.

O post de hoje tem a missão de te orientar sobre como fazer um intercâmbio mais barato. Caso tenha interesse em economizar um pouquinho para poder alcançar seu objetivo, leia o texto até o fim e descubra algumas dicas básicas de como gastar um pouco menos durante sua estadia no exterior. Vamos lá?

Como deixar seu intercâmbio barato

Ninguém aqui está a fim de abrir mão de passar um período no exterior por conta dos valores, não é mesmo? Desde já, é preciso saber que existem opções de intercâmbio para todos os gostos e bolsos. Leia atentamente as dicas listadas a seguir e faça as adaptações, conforme o seu planejamento.

1. Planeje com antecedência

O planejamento é algo fundamental para tudo o que você for executar na vida. Em relação ao intercâmbio, é nesse momento que você vai analisar o quanto dispõe de dinheiro, quanto está disposto a gastar e em que vai investir.

Quando você programa tudo com antecedência, é possível encontrar países que têm um custo de vida mais baixo, poderá analisar opções de lugares mais em conta para fazer suas refeições, verificar quais são os transportes públicos menos caros, além de poder escolher uma moradia e escola que esteja dentro do seu orçamento.

Na hora do planejamento, é muito válido — e importante — contar com a ajudinha da internet e de pessoas que já fizeram intercâmbio nos moldes que você sonha. Além, é claro, de uma agência de intercâmbio especializada.

Enfim, o planejamento adequado é base para o sucesso do seu intercâmbio, bem como para conseguir torná-lo mais viável financeiramente.

2. Não viaje em alta temporada

Uma outra dica muito valiosa é a escolha certa do período da sua ida ao exterior. Fazer intercâmbio nas férias escolares pode aumentar os seus custos, pois muitas pessoas optam por essa época. Logo, com o crescimento da procura principalmente as passagens sobem o preço.

Se você tem uma rotina mais flexível, prefira outras datas. Assim, os aviões estarão mais vazios. Consequentemente, esses fatores reduzirão os preços.

3. Conte com uma agência de intercâmbio especializada

Essa dica é de grande importância não só para deixar seu intercâmbio barato, mas também para dar uma maior segurança para toda a sua estadia no exterior. Afinal, é sempre bom saber que pode contar com uma empresa séria quando algo não sair como planejado!

Um ponto de relevância na escolha de uma agência especializada em um destino específico, como a Oceania, é que será apresentado um grande número de instituições de ensino, além de vários programas e cursos. Dessa forma, ficará bem mais fácil encontrar uma opção que se adéque melhor ao seu orçamento.

Quando for escolher sua agência, não se atenha apenas aos preços oferecidos por ela. Verifique também a sua reputação perante os consumidores, analise as opções de pacote e veja aquela que ofereça o melhor custo-benefício e que mais se adapte ao seu perfil.

A Australian Centre, líder em intercâmbio para Austrália e Nova Zelândia, promove também vários eventos no quais promoções especiais são oferecidas. Portanto participe desses eventos e tenha acesso a condições especiais para sua viagem.

4. Escolha um país em que possa trabalhar e estudar

Uma graninha a mais é sempre bem-vinda, não acha? Portanto, a possibilidade de trabalhar e estudar no exterior é uma excelente dica para ajudar a tornar realidade o seu sonho de fazer intercâmbio.

Em países como a Austrália e Nova Zelândia há a possibilidade de conciliar as duas coisas. Lá existe, ainda, a vantagem de os trabalhadores serem muito bem-remunerados.

Nem sempre você encontrará um trabalho conforme a sua formação, mas você pode ter a sorte de achar um estágio para atuar na sua área. Porém, é preciso ficar atento, pois em muitos deles não há o recebimento de salário, mas essa pode ser uma ótima forma de começar a trabalhar na sua área de formação.

É importante ressaltar que se sua estadia no exterior for por pouco tempo, talvez seja melhor focar apenas no estudo. Então, considere trabalhar se você for fazer o intercâmbio mais longo.

5. Veja a possibilidade de parcelar seu intercâmbio

A possibilidade de parcelar seu intercâmbio em quantas vezes a agência permitir é uma boa dica para viabilizar a sua realização.

Muitas agências oferecem essa vantagem a seus clientes, justamente, por saberem que o pagamento à vista pode ficar caro.

Por isso, mais uma vez, é importante um bom planejamento, pois ir a uma agência bem antes da data que deseja fazer o intercâmbio pode garantir a você aquele superdesconto que todo mundo ama, além de possibilitar o parcelamento em várias vezes.

6. Procure uma bolsa de estudos

Conseguir uma bolsa de estudos, mesmo que parcial, é uma excelente forma de deixar o seu intercâmbio mis barato.

O processo para conseguir uma bolsa de estudos, em regra, é demorado e trabalhoso. Por isso, é sempre bom pesquisar e iniciar todo o procedimento com bastante tempo de antecedência.

Ah! E por se tratar de um procedimento mais trabalhoso, vale a pena recorrer à ajuda da agência contratada. Como os consultores são especialistas em intercâmbio, vão ajudar com dicas e instruções para a inscrição nos programas.

7. Opte por aulas em horários alternativos

Se você precisa economizar para realizar seu intercâmbio, uma excelente dica é escolher horários mais alternativos para fazer os seus cursos.

A maioria das pessoas optam pelo turno matutino, assim, como a busca por esse horário é grande, o valor do curso subirá também. Dessa forma, estudando à noite, você pode economizar um valor considerável!

Com essas dicas, você conseguirá deixar seu intercâmbio barato e não precisará abrir mão do seu sonho por falta de dinheiro. Contrate uma agência séria e especializada, explique quais são seus objetivos no exterior e que precisa economizar, faça as malas e vá em busca do que deseja.

E aí, gostou deste post? Então, não se esqueça de compartilhá-lo com seus amigos pelas redes sociais!

Mail