Sim, você vai melhorar (e muito)!

Fala pessoal, como estão as coisas por aí? O inverno aqui no sul da Austrália está enfim dando uma trégua, agora com alguns dias chegando aos 16o C (a noite, porém, continua pedindo um bom casaco, rs).

Foi num destes dias frios que, como de costume, eu estava na biblioteca perto de casa e fiquei me lembrando de como era o meu inglês antes de vir para cá. Eram tantas as minhas dificuldades: a vergonha em tentar conversar, de não conseguir pedir o que eu queria num restaurante… E tantas outras coisas que eu encarava como “problemas” em relação a me virar usando uma nova língua.

Daí, lembrei que um pouco antes de vir para cá eu fiz um teste online (veja o teste aqui). É um teste simples que na verdade avalia apenas seu conhecimento de gramática e um pouco de vocabulário, já que ele usa algumas palavras mais complicadinhas. Tem mais ou menos umas 40 a 50 questões de múltipla escolha. Veja qual foi o resultado antes de vir para cá:

Resultado do meu primeiro teste de inglês, feito ainda no Brasil.

Pois é: Básico. Apesar de ter estudado inglês há um tempo, eu acabava não conseguindo progredir muito.

Foi então, neste mesmo dia aqui na biblioteca de Melbourne, que eu resolvi entrar novamente no site e refazer o teste só para ver como eu me sairia agora. Nestes meses que estou aqui, fiz cinco meses de curso de inglês. Comecei estudando na Discovery English por dois meses no curso de ‘General English’ e depois mais três meses num outro curso chamado ‘First Certificate in English’ (conhecido FCE), que é preparatório para o teste de proficiência na língua inglesa.

E o resultado de todo este esforço? Bem, para minha surpresa…

Meu segundo teste, feito depois de 5 meses na Austrália! o/

Intermediário Superior! Poxa, quanto progresso em tão pouco tempo. Isto porque, em linhas gerais, os níveis do teste são: Básico, Pré-intermediário, Intermediário, Intermediário Superior e Avançado. Portanto, isto significa que em apenas alguns meses aqui consegui avançar bem o meu inglês! É claro que isto, por si só, não significa que eu esteja fluente no idioma ainda, mas dá para ter uma base de comparação do antes e depois. A cada dia que estou aqui aprendo palavras e expressões novas e estou constantemente estudando mais e mais.

Então, se você estiver vindo para a Austrália para estudar inglês, faça o teste antes de vir e, depois de alguns meses que estiver aqui, refaça-o, apenas por curiosidade e para saber como está indo o seu progresso. Com certeza você vai notar uma diferença rapidamente!

Mas, e se você não dispuser de muito tempo? Bem, ainda que venha para cá por um ou dois meses, ou mesmo só por algumas semanas, todo o esforço e a dedicação de vir para outro país, viver outra cultura, tudo isto faz a gente progredir muito mais que se estivesse na rotina do Brasil. A verdade é que o intercâmbio (curto ou longo) proporciona muitas experiências – e o idioma certamente é uma das mais importantes delas.

A Austrália, como um todo, é um país com muita estrutura, então é só saber como aproveitar tudo o que ela tem para oferecer. Andar com menos brasileiros é uma dica importante para quem está pensando em melhorar o inglês, assim como usar espaços públicos, como bibliotecas (que existem muitas), parques com eventos gratuitos ou até mesmo fazer trabalhos voluntários que interajam com o público (estou fazendo e adorando, mas depois eu conto mais sobre esta parte).

Então, independente de quanto tempo vá ficar por aqui, cada minuto valerá a pena porque, entre outras coisas, com certeza você também vai conseguir avançar alguns bons níveis no idioma! 😉

Mail