10 curiosidades da Austrália que você precisa conhecer agora

As curiosidades da Austrália são muitas. Afinal, estamos falando sobre um país de dimensão continental, com uma cultura riquíssima e costumes únicos.

Ficar por dentro desses aspectos surpreendentes pode ser uma ótima forma de saber mais acerca da terra dos cangurus! Então, que tal ficar por dentro de 10 curiosidades sobre a Austrália? Acompanhe!

Solicite um orçamento e dê o 1° passo rumo ao seu intercâmbio

1. A Austrália tem a maior população costeira do mundo

A Austrália é um país continental, com quase 8 milhões de km² e cercado pelo mar. Por isso, tem um grande número de praias: são quase 11 mil! Entretanto, grande parte do território australiano é formada por regiões semiáridas e desérticas, que compõem o famoso Outback Australiano.

O resultado disso é que sua população, que é de apenas 24 milhões de pessoas (trata-se de um dos países menos povoados do mundo), concentra-se fortemente na costa. Assim, cerca de 85% da população da Austrália — ou seja, mais ou menos 20 milhões de habitantes — vive a menos de 50 km do litoral. Por isso, estamos falando da nação com a maior população costeira do mundo!

2. Bebidas alcoólicas não são vendidas em supermercados

A Austrália está entre os países que mais consomem bebidas alcoólicas no mundo, como o vinho e a cerveja. Inclusive, há uma produção local de cervejas artesanais de altíssima qualidade. No caso dos vinhos, a Austrália tem em torno de 60 regiões vinícolas, nos arredores de cidades como Sydney, Adelaide e Melbourne.

Porém, mesmo com tanta tradição no que diz respeito às bebidas, o país apresenta leis restritivas quanto à sua venda. Ao contrário do que acontece no Brasil e em vários países do mundo, na Austrália é proibido vender álcool em supermercados: apenas lojas com licença e bares podem comercializar bebidas. Além disso, é proibido o consumo de bebidas alcoólicas em lugares públicos, como rua, praias e parques.

3. É costume comer carne de canguru

Não é à toa que a Austrália é conhecida como a “terra dos cangurus”: a população do animal gira em torno de 50 milhões! É mais ou menos o dobro da quantidade de pessoas que vivem no país.

Pode parecer estranho que o animal símbolo da Austrália seja caçado e comido, mas esse hábito vem de milhares de anos: era uma prática comum entre os aborígenes da região. Nos últimos anos, o costume ganhou mais força nas grandes cidades.

Por mais que a Austrália tenha leis rígidas quanto ao abate do animal, há um incentivo recente à sua caça e consumo, dado o aumento vertiginoso de sua população, que representa um risco à biodiversidade local. Assim, se antes era mais fácil encontrar carne de canguru em açougues especializados, hoje é bastante comum comprá-la em grandes supermercados, na forma de hambúrguer, salsicha e bife. Vale a pena experimentar!

4. Boa parte da população australiana nasceu em outro país

A grande maioria dos australianos apresenta origem europeia — principalmente inglesa (já que a Inglaterra colonizou o país), escocesa e irlandesa. Há também descendentes de alemães e italianos. Atualmente, a população local aborígene corresponde a apenas 2,5% do total.

Uma boa quantidade de pessoas que vive na Austrália, entretanto, nasceu em outro país: em torno de 25% de sua população é composta por estrangeiros. Esse é um dos fatores que tornam o país um dos mais amigáveis com estrangeiros, ótimo para se fazer um intercâmbio.

5. Melbourne é uma das melhores cidades do mundo para se viver

Não tem pra ninguém: no ranking da revista “The Economist” sobre as melhores cidades do mundo para se viver, Melbourne é líder há sete anos. A cidade australiana está entre as três melhores desde que o levantamento começou a ser feito, em 2006.

Assim, Melbourne deixa para trás pesos-pesados como Viena e Vancouver. A Austrália se destaca ainda mais como lugar para se viver por contar com outras duas cidades no top 10 do ranking: Adelaide (6º lugar) e Perth (7º lugar). São vários destinos para escolher no país e viver experiências incríveis!

6. Camberra é a capital por não ser uma cidade costeira

Muitas pessoas se confundem e acreditam que a capital da Austrália é Sydney. Na verdade, é Camberra. Mas por que a cidade foi escolhida em detrimento de Sydney e mesmo de Melbourne?

Há uma lenda de que Sydney e Melbourne disputavam o posto de capital do país, e que o interminável impasse levou as autoridades a uma solução simples: escolher outra cidade, Camberra, em 1908. Porém, a verdade é diferente.

No começo do século XX, havia um consenso de que seria melhor ter como capital uma cidade que não fosse costeira, pois isso diminuiria as chances de bombardeamento marinho. Além disso, havia muitas doenças que se espalhavam facilmente em cidades ao nível do mar. Por esses motivos, Sydney e Melbourne foram preteridas em favor de Camberra.

7. A primeira polícia local foi formada por prisioneiros

Parece piada, mas não é! Outra curiosidades da Austrália é que sua primeira força policial foi composta por 12 homens condenados, escolhidos pelo bom comportamento nas cadeias locais.

No começo dos anos 1800, o crime começou a crescer no território australiano, ainda colônia da Inglaterra. O governador-colonizador Arthur Phillip resolveu, então, formar a Night Watch, uma patrulha local.

Porém, com poucos homens disponíveis para o serviço, Phillip não teve muita escolha: o jeito foi selecionar os 12 “melhores” prisioneiros e dividi-los em quatro grupos, que foram alocados em diferentes regiões.

8. A Austrália foi a primeira nação independente a permitir o voto feminino

A Austrália deixou de ser colônia em 1901, e não perdeu tempo para tomar decisões progressistas. No ano seguinte, por meio do Commonwealth Franchise Act 1902, tornou-se a primeira nação independente do mundo a permitir que mulheres votassem e fossem votadas em nível nacional.

Ao longo da década de 1890, as sufragistas haviam ganhado força na Austrália, lutando pelo direito das mulheres de participarem da política. Nesse período, cada colônia que compunha o território australiano tinha, ao menos, um grupo sufragista. Os bons resultados do movimento apareceram, assim, logo no começo do século XX.

9. Há animais que só existem na Austrália

A Oceania é um continente isolado, por isso diversas espécies de animais que se desenvolveram na região são exclusivas. A fauna exuberante da Austrália é, assim, mundialmente conhecida e celebrada.

Entre os animais que só podem ser encontrados no país, estão o canguru, o coala, o diabo-da-tasmânia, o ornitorrinco, a equidna e o cisne negro.

10. Algumas das maiores estrelas da cultura pop internacional são australianas

Alguns dos atores e músicos mais conhecidos e consagrados do mundo nasceram ou fizeram carreira na Austrália. Muita gente não sabe disso pois, ao vê-los em filmes de Hollywood ou estourando nas paradas dos Estados Unidos e da Inglaterra, automaticamente pensam se tratar de norte-americanos ou britânicos.

Os atores Hugh Jackman, Nicole Kidman (apesar de não ter nascido na Austrália, a atriz mudou-se para o país aos 3 anos e se identifica como australiana), Cate Blanchet, Russel Crowe (apesar de ter nascido na Nova Zelândia, o ator se naturalizou australiano e morou desde a infância em Sydney), Margot Robbie e o falecido Heath Ledger, por exemplo, são todos australianos. Na música, vale destacar o grupo AC/DC e os cantores Nick Cave, Sia, Iggy Azalea, entre outros.

Gostou de ficar por dentro das curiosidades da Austrália? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais para que mais pessoas conheçam melhor esse fascinante país!

Mail