12 curiosidades da Nova Zelândia que você precisa saber

curiosidades da Nova Zelândia

A Nova Zelândia é um país que desperta grande interesse, pois costuma ser visto como um paraíso quase intocado do outro lado do mundo. Coberto de belezas naturais e inúmeras praias, já foi cenário de grandes produções cinematográficas e atrai milhares de turistas todos os anos.

Um intercâmbio para a Oceania com certeza é uma experiência única e diferente de tudo o que você já viveu. Então, preparamos este post com 12 curiosidades da Nova Zelândia para você se encantar e colocar o país no topo da lista de destinos de intercâmbio! Vamos lá?

1. Primeiramente, bom dia

A cidade de Gisborne é a primeira que vê o sol nascer todos os dias: a latitude do país faz com que amanheça lá antes dos demais lugares do mundo. O Mount Hikurangi é uma montanha sagrada para os maoris, e o passeio até lá para assistir ao nascer do sol é bastante procurado por turistas.

2. Inglaterra + Maori

Na Nova Zelândia existem dois idiomas oficiais (além da Língua de Sinais): o inglês e o maori — o idioma do povo nativo de lá, que também é ensinado nas escolas de educação básica. Portanto, você sempre vai se deparar com alguns termos e palavras nesse idioma quando estiver visitando as ilhas.

A colonização do país é de origem inglesa, então, a Rainha Elizabeth também é chefe de estado da Nova Zelândia, e eles têm dois hinos: “God Save the Queen” e “God Defend New Zealand”.

3. Valorização da cultura nativa

Os maoris são o povo nativo da Nova Zelândia, originários da Polinésia. Eles têm uma cultura bastante rica e integrada à rotina dos neozelandeses e representam por volta de 15% da população. Você já deve ter ouvido falar das tatuagens maori, não é? A origem é essa mesmo: as tatuagens fazem parte da cultura desse povo, e eles exibem tatuagens no rosto e no corpo.

Os maoris são pessoas alegres e vibrantes, e é possível conhecer os povoados, provar sua comida, ouvir a música e praticar as danças típicas. Além disso, os nativos são bastante envolvidos com o turismo, principalmente guiando passeios para conhecer a vegetação e as belezas naturais do país.

4. Honestidade

Os índices de corrupção na Nova Zelândia são bastante reduzidos, tendo sido considerado um dos países menos corruptos do mundo, ao lado da Dinamarca. A cultura de separação do setor administrativo do setor político é fator importante para que desvios de dinheiro público não sejam uma prática recorrente.

Além disso, os serviços públicos são eficientes e há uma transparência envolvida em todos os processos; a população é tida como o cliente máximo, que precisa ser atendido com qualidade e de modo desburocratizado e ágil.

5. Um passo à frente

Mesmo fazendo parte do último continente a ser colonizado no mundo, a Nova Zelândia é pioneira quando se fala em quebrar paradigmas sociais. Foi um dos primeiros países a dar direitos às mulheres, como ao voto, bem como a permitir a união civil de homossexuais.

6. Barcos, barcos para todo lado

Auckland é conhecida como “cidade das velas”. Uma em cada três das famílias moradoras da cidade tem um barco próprio — é como se fossem os nossos automóveis.

As condições climáticas tornam a navegação perfeita para qualquer atividade: esportiva individual, competições ou clássicos passeios de barcos e iates com a família.

7. Mais ovelhas que gente

A Nova Zelândia é um país pouco populoso, tem por volta de 5 milhões de habitantes (um número bem menor que o da cidade de São Paulo, por exemplo). Portanto, é bastante comum que o número de animais criados pela pecuária, como as ovelhas, sejam maior do que o de pessoas. A pecuária é uma atividade muito forte e chega a movimentar 40 milhões de ovelhas e 10 milhões de cabeças de gado.

Em contrapartida, algumas cidades, como Queenstown, recebem 100 vezes mais turistas do que o seu número de habitantes, então, viagens para esses lugares são uma imersão em diversas culturas de todo o mundo.

8. Kiwi não é só fruta

Kiwi é uma ave nativa e símbolo da Nova Zelândia. O animal tem um bico comprido e o corpo coberto com uma leve plumagem, o que fez com que a fruta levasse o seu nome devido à semelhança. O kiwi não voa, por isso acaba sendo uma presa fácil e, atualmente, está em risco de extinção, apesar dos diversos programas de preservação.

Além da ave, os neozelandeses costumam se autodenominar kiwis.

9. Terra de ar puro

A poluição do ar no país também é bastante reduzida. A cobertura natural de vegetação (em praticamente 30% do território) contribui para que o ar seja gostoso de respirar até mesmo em áreas mais urbanas e cosmopolitas.

10. Melhor qualidade de vida

A Nova Zelândia tem índices excelentes de qualidade de vida, com algumas cidades, como Auckland, figurando em listas de melhores lugares do mundo para se viver. Infraestrutura, liberdade econômica, sistema de transporte público eficiente, baixíssima criminalidade e boas instituições de ensino são alguns dos atrativos para imigrantes e intercambistas que escolhem o país como destino.

11. Muita natureza

A Nova Zelândia tem muita vegetação natural e 1/3 do país é protegido pelo Parque Nacional. Existem diversas áreas formadas por rochas vulcânicas, e viajar pelas longas estradas é um deleite para os olhos.

Florestas, lagos e praias (poucos lugares ficam a mais de 120 km da costa) desenham um paraíso para quem gosta de contato com a natureza e de esportes radicais — inclusive, o bungee jumping foi inventado por um neozelandês.

12. Cenário de cinema

Hollywood sempre marca presença nas ilhas neozelandesas, principalmente para produções que demandam grandes tomadas externas, características de filmes medievais ou fantásticos.

Filmes como “O Hobbit”, “O Senhor dos Anéis” e “As Crônicas de Nárnia” foram rodados nas colinas de Matamata e na península de Coromandel, em Auckland. Em Queenstown, foram gravadas diversas cenas de “X-Men Origens: Wolverine”. Isso também impulsiona o turismo, que praticamente dobra quando são lançadas grandes produções ambientadas por lá.

Muitas dessas curiosidades da Nova Zelândia você nem imaginava, não é? Viu como esse país é surpreendente? Então, compartilhe este post com os seus amigos nas redes sociais para eles saberem mais sobre esse lugar incrível!

Mail