Como lidar com a saudade no intercâmbio? Confira 6 maneiras de enfrentá-la

como lidar com a saudade no intercâmbio

O seu grande sonho de estudar fora foi realizado. Com um excelente planejamento e orientação da sua agência, você desembarcou feliz no país de destino, ansioso pelo mar de experiências a ser desbravado e todas as oportunidades que virão pela frente.

Como tudo na vida tem um “mas”, pouco tempo se passou e algo que você não esperava sentir tanto surge: a saudade!

Podemos sentir falta de muitas coisas: da família, dos amigos, da comida, dos nossos pets… e como lidar com a saudade quando ela aperta nosso coração? Continue lendo este post, temos 6 dicas incríveis para lidar com esse sentimento e não prejudicar a sua viagem. Confira!

1. Foque nas experiências novas

É normal sentir falta de tudo? E como é! Morar em um país diferente, mesmo que por pouco tempo, é sair da sua zona de conforto, ou seja, é estar fora do ambiente que você conhece bem. Isso faz com que as diferenças causem sentimentos como “saudades do que era antes”.

Abra seus olhos para novas maneiras de fazer coisas que você já conhecia: aquele restaurante pode não ter o bife a cavalo que você tanto gosta, mas pode ter a melhor lasanha da sua vida! Permita-se vivenciar novas experiências e conhecer outras culturas.

2. Saia do seu ninho

Quem não sente falta do amor de pai e mãe, não é? Afinal, mesmo que as pessoas que fazem parte do seu novo dia a dia no intercâmbio sejam incríveis, o carinho e o cuidado dos pais são insubstituíveis.

Hoje, existem inúmeras maneiras de contato pela internet: redes sociais, Skype, WhatsApp. É possível realizar chamadas de voz e vídeo para amenizar a distância, mas estabeleça horários para falar com seus pais, senão você pode perder o objetivo da sua viagem, que é a imersão e o treino constante do idioma.

E lembre-se do fuso horário: uma ligação no meio da madrugada pode dar um susto e tanto em quem se preocupa com você!

3. Aumente sua rede de contatos

Uma das partes mais difíceis do intercâmbio, porém mais recompensadoras, é conhecer novas pessoas durante a sua viagem. Mas em um surto de saudade, você pode ficar comparando seus amigos brasileiros com elas, o que é capaz de prejudicar a construção da sua rede de contatos.

O intercâmbio permite que você amplie seu conhecimento sobre culturas e ensina muito a viver a diversidade. Deixe-se encantar por histórias de vida e saberes, pode ser que você encontre um amigo para a vida inteira ali, bem na sua frente, tentando ensiná-lo a pronunciar uma palavra que nunca usou. E a network que você fizer pode servir para planejar as próximas viagens e visitas.

Faça contato com seus amigos “de casa” pela internet, mas cuidado para não perder o foco e passar horas e horas no quarto, em redes sociais e aplicativos de conversa. Eles vão querer ouvir tudo sobre as suas aventuras quando você voltar, então, não antecipe tudo!

Ter bastante contato com brasileiros pode ajudar a lidar com a saudade, mas não deixe que seu círculo social tenha apenas pessoas que falam sua língua, pois isso é capaz de reduzir a sua imersão cultural.

4. Busque novos sabores

Passamos uma vida inteira acostumados aos sabores do nosso país, que tem uma variedade culinária imensa, então, nada mais comum do que sentir falta da comidinha do Brasil.

O intercâmbio é o momento para você descobrir, e isso inclui novos temperos, sabores e pratos. Sabe aquela comida tailandesa que você nunca arriscou por ser cara? Ou aquele prato típico que tanto ouviu falar? Esse é o momento de matar sua curiosidade.

Em vez de pensar na comida que você não tem, pense em todas as que estão disponíveis ao seu redor. Uma simples ida ao mercado pode mostrar opções que você sequer imaginava que estavam lá.

E se não tiver jeito mesmo, se a vontade de um feijão com arroz estiver enorme, procure um restaurante brasileiro ou tente encontrar produtos em mercados que trabalhem com itens estrangeiros. Oferecer um jantar para seus novos amigos e apresentar a nossa gastronomia para eles pode ajudar a amenizar a saudade do seu paladar e fazer com que pessoas de outros países conheçam melhor a nossa cultura!

5. Explore o país de destino

Uma das melhores maneiras de driblar a saudade é conhecer novos lugares. Praias, locais históricos, pontos turísticos… a cada novidade, você vai se apaixonando pelo país que escolheu e, quando se der conta, não pensará tanto no que ficou, mas sim em tudo o que chegou!

Se você estiver um lugar que permita e facilite isso, viaje! Conheça lugares além da cidade que você mora, o interior ou cidades menores. Um final de semana fora das suas acomodações pode ser uma recarga de baterias para a semana de estudos.

6. Faça amigos pets

Se você tem um animalzinho amado, pode ter certeza que a saudade dele também aparecerá. Nossos pets acabam sendo parte da família, e podemos ficar tristes quando eles não estão lá para nos acordar pela manhã ou nos receber depois de um dia difícil.

Quando esse momento chegar, dê um passeio pela cidade. Descubra locais em que as pessoas levam os seus bichinhos para passear e interaja com eles, se os donos permitirem. Além de ser uma ótima maneira de fazer contatos com os nativos, pode diminuir a saudade de conviver com um animalzinho de vez em quando.

Alguns programas de intercâmbio permitem que os estudantes realizem trabalhos, como levar cães para passear. Informe-se com a sua agência e, se estiver tudo certo, procure oportunidades como essa. Você vai fazer um dinheirinho extra e ter novamente aquela energia que só os bichinhos conseguem nos passar!

Resumindo: a saudade é inevitável, mas pode ser uma coisa gostosa de sentir. É só você não se deixar dominar por ela a ponto de comprometer tudo o que sempre quis viver em outro país. Com o tempo, você vai encontrar o seu jeito de como lidar com a saudade de tudo e ter um intercâmbio feliz e produtivo!

Gostou das nossas dicas? Quer ficar por dentro de outros conteúdos sobre intercâmbio e afins? Então, siga as nossas redes sociais: estamos no Facebook, Instagram e YouTube!

Mail